Prefeitura participa de simulado de incêndio e explosão de produtos químicos em Cumbica

0
93

A Prefeitura de Guarulhos participou de uma simulação de explosão e incêndio em um caminhão carregado de solvente inflamável com sete vítimas nesta quinta-feira (6) na Axalta, uma empresa com cerca de 800 funcionários diretos e indiretos em Cumbica, em conjunto com o Corpo de Bombeiros e o Sistema Integrado de Emergência de Guarulhos (Sieg). Cento e trinta e dois agentes tiveram suas habilidades testadas no controle de incêndio químico, atendimento a feridos e evacuação da população que vive nos arredores da ocorrência.
Para aproximar o cenário à realidade o simulado utilizou um caminhão com um tanque com capacidade de 15 mil litros e explodiu bombas de fumaça não tóxica ao seu redor. A brigada de incêndio, vestida com equipamentos de proteção individual e respiratória, encarregou-se de apagar as chamas com mangueiras e de exterminar o risco de intoxicação química e reignição do fogo.
Simulando intoxicação, as vítimas foram posicionadas deitadas no galpão perto da área do acidente, pintadas com tinta para encenar sangue e queimaduras fictícias. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou a triagem dos casos, dois graves e cinco leves, e o socorro emergencial dos atores, que foram colocados em macas e encaminhados a unidades de saúde em ambulâncias.
Vinte e quatro agentes de Defesa Civil percorreram o bairro chamando a atenção dos moradores e orientando-os sobre o que deve ser feito em ocorrências de incêndios, além de levá-los ao estacionamento da UBS Jardim Cumbica para conhecer o cenário onde foi montada uma barraca de isolamento às vítimas contaminadas pela fumaça.
De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Waldir Pires, a ação visa a manter os funcionários preparados para emergências. “Esse tipo de treinamento é muito importante porque ele se aproxima muito da realidade. Nele vivenciamos os protocolos que serão adotados no atendimento”, explicou.
A Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos e a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana também se mobilizaram em apoio à segurança dos envolvidos na cena e promoveram a abertura de passagem para as viaturas, bem como assistentes sociais da Prefeitura simularam o levantamento dos impactos à população local. –