Verão: descuidos podem elevar o valor da conta de luz

0
136

EDP orienta consumidor sobre como economizar energia nos meses de calor

Entre os meses de janeiro e março teremos períodos de calor intenso e temperaturas altas, que podem chegar a 35 graus segundo o Climatempo. Para espantar o calor é comum o uso contínuo de ventiladores, aparelhos de ar condicionado, geladeiras e freezers. E para que o valor da conta de energia não suba tanto, a EDP, distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte selecionou algumas dicas que devem fazer parte da rotina da família durante o verão.

Manter as janelas e portas fechadas quando o ar-condicionado estiver funcionando, evitar o abre e fecha constante da geladeira e acumular roupas sujas para usar a máquina de lavar em sua capacidade máxima são atitudes que podem fazer a diferença no final do mês, reduzindo o valor da conta de energia elétrica.

Entre os equipamentos domésticos, o ar-condicionado é, sem dúvida, o que mais consome energia, principalmente se for usado de forma incorreta. Se o ambiente ficar vazio por um longo espaço de tempo, o recomendado é desligar o aparelho. Para que o equipamento não gaste tanto o recomendado é deixar todas as portas, janelas, persianas e cortinas fechadas, para evitar a entrada do calor no ambiente e não forçar a capacidade do aparelho.

Os banhos, em maior número nesta época, devem ser rápidos e o chuveiro elétrico deve permanecer na posição “Verão” ou desligado. Manter a chave do chuveiro elétrico nesta posição economiza 30% mais do que se estiver na posição “Inverno”.

Se a máquina de lavar roupas tem capacidade para bater até 10 ou 12 quilos, é importante esperar juntar mais roupas e não usar o equipamento com metade da carga. A mesma dica vale para as secadoras. Lavar ou secar poucas peças é desperdiçar energia.

Com o ferro de passar roupas também não é diferente. Acumule grande quantia de roupas e passe todas de uma única vez. Pode demorar mais tempo para concluir o serviço, mas o gasto será menor, pois até chegar na temperatura adequada, o ferro também consome energia.

Mais duráveis e econômicas, as lâmpadas de LED são uma excelente opção para a iluminação. Mas é preciso apagar as lâmpadas quando sair do local e, se possível, iluminar bem o ambiente utilizando a luz do sol, abrindo bem janelas, cortinas e persianas. O teto e paredes internas pintados com cores claras refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial. Pense nisso, na hora de uma possível reforma em casa.

É importante lembrar que gestos simples podem impactar a conta de energia a cada mês.

Confira outras dicas para evitar o desperdício:

Refrigerador ou freezer
● O aparelho deve ser protegido dos raios solares e mantido o mais afastado possível do calor do fogão.
● Os alimentos, quando quentes, não devem ser guardados no refrigerador ou no freezer. Isso faz com que o motor do equipamento tenha de trabalhar por mais horas.
● A borracha de vedação da porta deve estar sempre em bom estado, evitando a fuga de ar frio.
● Não use a parte de trás do refrigerador para secar tênis ou roupas. Mantenha o eletrodoméstico distante da parede, conforme instruções do manual (em média, 20 centímetros).
● Caso o equipamento tenha mais de dez anos, comece a planejar a troca do eletrodoméstico. Os refrigeradores novos são mais eficientes e econômicos.

Eletrônicos
● Sempre que você der uma pausa no seu trabalho, desligue o monitor do computador. Ele é responsável por 70% do consumo de energia do equipamento. Se puder, configure-o para desligar automaticamente após alguns minutos sem utilização.
● Nas pausas mais prolongadas, desligue totalmente o aparelho, inclusive o estabilizador;
● Não deixe monitor, impressora, caixa de som, estabilizador e outros acessórios do computador ligados sem necessidade.
● Nunca use o celular enquanto estiver em carregamento na tomada.
A rede elétrica interna da casa ou do apartamento também deve ser checada sempre. Manter a fiação em bom estado, distribuir as cagas instaladas de forma equilibrada e assim evitar o superaquecimento e a possível fuga de corrente são atitudes que promovem mais segurança, protegem os eletrodomésticos e eletrônicos e consomem menos energia. Outra dica importante: na hora da compra de um novo equipamento verifique se ele tem o selo Procel, que garante economia e eficiência energética. –